O Alentejo vai de oeste a este, desde Sines na costa até Barrancos, na fronteira com Huelva, Espanha. A sul do Tejo existem, de ponta a ponta uns 190 quilómetros: os montados, um horizonte plano, sobreiros, campos de trigo, oliveiras, algumas videiras, o rio Guadiana, varas de porcos, um mundo agrícola cheio de tradições e uma cultura que se quer preservar.

Dizem que foi enquanto o diretor de uma orquestra alemã percorria o Alentejo em bicicleta que se deparou com a pequena povoação medieval chamada Marvão. Apaixonou-se tanto por ela ao ponto de construir a sua própria casa aí. Um dia, ao contemplar a paisagem desde a janela do seu lar imaginou essa paisagem perfeita acompanhada de música ao vivo e suspirou “Eureka”…