Marialva. Por Aldeias Históricas de Portugal

A pouco mais de duas horas do Porto e de Lisboa, há lugares especiais onde a pressa de viver e partilhar ainda não chegou: aldeias medievais, conservadas no tempo, que logo à chegada nos devolvem a paz e tranquilidade.

São as Aldeias Históricas de Portugal, um destino que são 12. São uma sugestão perfeita para uma escapadinha de fim-de-semana ou miniférias, de onde regressará de coração cheio de estórias para contar, e uma vontade irresistível de voltar.

Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Novo, Castelo Rodrigo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso: poucos são os quilómetros que separam estas aldeias do interior da região centro portuguesa, onde viajamos entre lendas e castelos, sabores, artes e ofícios que ali se conservam, como valiosos tesouros.

São lugares autênticos e genuínos, que nos oferecem experiências únicas entre o passado e o presente. É como um regresso às origens e às páginas de livros que nos esquecemos, onde se contam estórias dos tempos de reis e rainhas, e de batalhas onde portugueses e espanhóis disputavam fronteiras, até se tornarem um só povo – o povo ibérico –, com tradições, costumes e estórias, entrelaçadas para sempre pelo invisível fio da História.

Para românticos, aventureiros e amantes de História

Castelo Novo. Por Aldeias Históricas de Portugal

Há em cada aldeia pormenores e encantos para todos os gostos. Em Sortelha, os mais românticos deixam-se apaixonar pelas pedras do beijo eterno, duas rochas que parecem ligadas num beijo e que, segundo as gentes da aldeia, guardam a estória de um amor proibido.

Também em Castelo Mendo há uma estória digna de Romeu e Julieta: aqui conhecemos o Mendo e a Menda, duas pedras onde vemos um rosto feminino e outro masculino, condenados a contemplarem-se para sempre, sem nunca se tocarem, de lados opostos da mesma rua.

Os amantes de História ficam fascinados com os imponentes castelos de Trancoso, Marialva ou Castelo Rodrigo, com a Praça-forte de Almeida (que em tempos defendeu os portugueses das invasões francesas), e com a impressionante estação arqueológica de Idanha-a-Velha, uma das maiores do país. Belmonte guarda o legado que deixou uma das maiores comunidades judaicas que passou pela Península Ibérica; Piódão, conhecida como a “Aldeia Presépio” portuguesa, a todos encanta com as suas pequenas casas de xisto; e em Castelo Novo descobrimos uma aldeia granítica, que a todos envolve pela calma e tranquilidade que ali se respira.

Um convite aos aventureiros

Por Aldeias Históricas de Portugal

Para os mais audazes, existe uma forma de conhecer todas as aldeias, num périplo onde reina a emoção e a aventura: a Grande Rota 22 (GR 22 – Grande Rota das Aldeias Históricas), 600 km de rota ciclável e pedonal que nos leva não só pelas 12 aldeias e a paisagem circundante, como também a outras belíssimas localidades que completam o fascínio do interior da região centro portuguesa. De 14 a 22 de setembro de 2019, as Aldeias Históricas de Portugal convidam os mais aventureiros a descobrir, de bicicleta, os castelos, fortalezas e aldeias que compõem este magnífico território.

Uma viagem ao passado nas Aldeias Históricas de Portugal

Castelo Mendo. Por Aldeias Históricas de Portugal

De junho a dezembro, as Aldeias Históricas de Portugal recebem o Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa”: doze eventos que dão vida às lendas e aos mitos das Aldeias Históricas de Portugal, através de animação de rua, visitas teatralizadas, workshops, música e muita festa.

Tendo como pano de fundo os cenários de encantar das Aldeias Históricas de Portugal, e com uma temática diferente adequada a cada aldeia, estes eventos celebram as tradições, a cultura, a gastronomia, o artesanato e a História destes lugares, que conservam através do tempo o legado dos nossos antepassados.

Este mês, há festa na Aldeia Histórica de Castelo Rodrigo, de 6 a 8 de setembro, com a temática “Cristóvão Moura – Herói ou Vilão”; e na Aldeia Histórica de Castelo Mendo, nos dias 27 e 28 de setembro, com o mote “Menda e o Monstro”. O Ciclo “12 em Rede – Aldeias em Festa” só acaba em dezembro: depois de Castelo Mendo, a festa segue para Trancoso, de 11 a 13 de outubro; Idanha-a-Velha, de 1 a 3 de novembro; Monsanto, de 8 a 10 de novembro; Almeida, nos dias 29 e 30 de novembro; e Belmonte, de 27 a 30 de dezembro.

Não restam dúvidas que há muito a acontecer nas Aldeias Históricas de Portugal, um destino irresistível e que se destaca por mil e um motivos, sendo um deles a sua distinção como BIOSPHERE DESTINATION. As Aldeias Históricas de Portugal são o primeiro destino em rede – à escala mundial –, e o primeiro destino nacional a receber esta certificação, que demonstra o compromisso deste território com a sustentabilidade e a preservação da natureza.

Casais rurais nas Aldeias Históricas

Publique um comentário

* Estão marcados os campos obrigatórios.