Por Aldeias Históricas de Portugal

Escondidas no interior da região Centro de Portugal, 12 Aldeias fazem as delícias dos mais curiosos e aventureiros. Rodeadas por caminhos de encantar e trilhos por explorar, as Aldeias Históricas de Portugal são o destino ideal para viajar, de bicicleta ou a caminhar, pelas marcas da ancestralidade ibérica, que o tempo não conseguiu apagar.

Em Almeida, Belmonte, Castelo Mendo, Castelo Rodrigo, Castelo Novo, Idanha-a-Velha, Linhares da Beira, Marialva, Monsanto, Piódão, Sortelha e Trancoso, as 12 Aldeias Históricas de Portugal, há um sem fim de trilhos para caminhadas e percursos de bicicleta e BTT, definidos e estruturados pela Rede das Aldeias Históricas de Portugal. Desde percursos turístico-culturais a outros mais radicais, há aventuras à medida de cada um.

Pelas povoações e espaços circundantes, há, no território das Aldeias Históricas de Portugal, caminhos onde se cruza a paixão pela descoberta e a emoção de uma viagem no tempo. Há trilhos pelos castelos e ribeiras, pelas ladeiras e planaltos: um alargado leque de percursos, mais curtos ou mais longos, onde se revelam os segredos que envolvem estas aldeias e as mais fantásticas lendas e estórias do tempo dos mouros ou das intermináveis batalhas entre castelhanos e portugueses.

Por Aldeias Históricas de Portugal

Existem 15 percursos de Pequena Rota (PRs), homologados e associados às 12 Aldeias Históricas de Portugal, com cerca de 6 a 20 km. Permitem uma elevada diversidade de escolhas aos viajantes: são ideais para quem pretende seguir num ritmo mais contemplativo, ou para quando a disponibilidade de tempo não permite mais. São caminhos que permitem explorar, passo a passo, o território e a envolvente de cada uma das aldeias que o integram, revelando a riqueza e diversidade do património natural e cultural.

Para os mais audazes, a proposta das Aldeias Históricas de Portugal é a Grande Rota 22 (GR22): um percurso circular com cerca de 600km, divididos por 12 etapas que iniciam e terminam em cada uma das 12 Aldeias Históricas, por caminhos ancestrais, numa experiência inesquecível de comunhão com a natureza.

Por Aldeias Históricas de Portugal

Pela GR22, descobrem-se alguns dos mais belos parques naturais e reservas de Portugal, classificadas como Património Mundial da UNESCO: a norte, o Parque Natural do Douro Internacional e Parque Arqueológico do Vale do Côa e, a sul, o Parque Natural do Tejo Internacional.

Além destes territórios UNESCO, a GR22 leva-nos ainda por outros parques e reservas naturais imperdíveis, como Parque Natural da Serra da Estrela, Paisagem Protegida da Serra do Açor, Reserva Natural da Serra da Malcata, Área Protegida Privada da Faia Brava e Paisagem Protegida da Serra da Gardunha. Por estes lugares, encontramos fauna e flora únicas e de incrível beleza. Por exemplo, na Área Protegida Privada da Faia Brava temos o privilégio de contemplar impressionantes voos das aves de rapina, que cruzam os céus desta região.

Por Aldeias Históricas de Portugal

Com o selo Leading Quality Trails – Best of Europe, que destaca o nível de experiência proporcionado ao utilizador, a qualidade do seu traçado, a riqueza cultural e natural e a presença de valores com reconhecimento internacional, a GR22 é ideal para percorrer sozinho ou em grupo, em família ou com amigos – ao longo do percurso, a sinalética informa os variados serviços de apoio disponíveis ao viajante, para que se sinta acompanhado a cada momento da sua caminhada.

Certificado BIOSPHERE DESTINATION

Recentemente distinguidas com o certificado BIOSPHERE DESTINATION – o primeiro destino em rede no mundo a receber esta distinção, e o primeiro a nível nacional a ganhar esta certificação -, demonstra-se assim o compromisso das Aldeias Históricas de Portugal com a preservação da natureza e a sustentabilidade. É por isso que viajar pelas envolventes naturais das Aldeias Históricas de Portugal é uma experiência sem igual.

Assim, não faltam motivos para viver aventuras inesquecíveis no território das Aldeias Históricas de Portugal. E seja o passeio a pé ou de bicicleta, pela GR22 ou por uma das PR, vale a pena parar num café ou restaurante de aldeia para ouvir os mitos e lendas deste imenso território pela voz das gentes locais, conhecer as suas tradições e costumes e ser contagiado pela sua alegria de viver. Para retemperar energias, aconselha-se a relaxar ao sol numa praia fluvial e pernoitar numa casa de turismo rural ou num dos requintados hotéis do território, desfrutando do seu conforto e acordando, no dia seguinte, para um delicioso pequeno-almoço, recheado de iguarias e produtos da região.

Casas rurais nas Aldeias Históricas

Publique um comentário

* Estão marcados os campos obrigatórios.