Magazine Planos Assim é a casa rural da Vencedora do MasterChef

Assim é a casa rural da Vencedora do MasterChef

373 Shares
Casas da Li
Casas da Li

Lígia Santos é a proprietária e dá também nome ao empreendimento turístico Casas da Li, situado em Arcos de Valdevez. Se o nome não lhe é estranho, é porque talvez tenha visto a primeira edição do MasterChef Portugal, em 2011, do qual a engenheira civil natural de Vila Nova de Famalicão foi a grande vencedora.

Na Casas da Li, inaugurada em junho de 2015, Lígia Santos conseguiu juntar as três áreas que verdadeiramente a apaixonam: a gastronomia, o turismo e o meio rural (a agricultura orgânica e os produtos endógenos).

“Sempre gostei muito de fazer escapadinhas em turismos rurais. A forma como somos recebidos em empreendimentos de pequena dimensão proporciona um acolhimento ímpar e diferenciado relativamente às unidades hoteleiras convencionais”, contou Lígia Santos em entrevista à EscapadaRural.

Casas da Li
Casas da Li

O sonho antigo de ter um projeto de turismo rural foi amadurecendo e tornou-se um objetivo para Lígia, que deixou para trás a engenharia, garantindo, no entanto, que fará sempre parte do seu percurso. “Para abraçar os novos projetos relacionados com a gastronomia e turismo e executá-los profissionalmente e sem mácula só foi possível dedicando-me totalmente a eles”, explica.

Ter participado e vencido a primeira edição do MasterChef Portugal deu-lhe o empurrão que faltava para a concretização daquele sonho. “Permitiu que o meu trabalho fosse conhecido, saltar algumas etapas e ganhar alguma notoriedade que acelerou a execução do projeto e espicaçou a curiosidade dos hóspedes em conhecer as Casas da Li”, admite Lígia.

Lígia Santos
Lígia Santos no MasterChef Portugal

Talvez a fama que o programa lhe trouxe seja um atrativo para os hóspedes que visitam o seu alojamento rural, mas a verdade é que as Casas da Li merecem todo o reconhecimento por si só, sem a necessidade da fama nem o estrelato de um programa de televisão.

Uma homenagem à cozinha minhota

Casas da Li
Casas da Li

As Casas da Li são compostas por duas casas tradicionais minhotas recuperadas, situadas em Santa Cristina, uma aldeia solarenga e sobranceira ao rio Lima. Apaixonada pela natureza e pelo trekking, Lígia Santos só poderia ter escolhido um local bem perto do Parque Nacional da Peneda-Gerês para construir a sua casa rural de sonho. 

O alojamento tem cinco quartos: Alfazema, Castanheiro, Chocolate, Alecrim e Azul, todos com uma decoração inspirada no seu nome. As áreas exteriores, a piscina, os castanheiros, as ervas aromáticas permitem que se passeie, sentindo o orvalho da manhã, o sol do meio-dia na face ou a brisa que paira no ar pelo final da tarde.

Mas não é apenas o ar puro que se respira por aqui. Também há cheiros e aromas que invadem a casa e que abrem o apetite para as iguarias pensadas pela chef Lígia Santos. Aqui, as refeições são uma experiência inesquecível e a cozinha regional minhota tem um grande destaque.

Barriga de porco ao funcho
Barriga de porco ao funcho

Lígia Santos dá-nos um cheirinho do que podemos encontrar no restaurante das Casas da Li: a cachena, o feijão tarrestre, a chouriça de cebola e a broa de milho, a bochecha de porco, o bacalhau da Li.

Se quiser mergulhar mais a fundo na gastronomia minhota, também pode aprender com a chef num workshop de broa de milho ou num showcooking de cozinha regional.

Além da cozinha, Lígia Santos é uma defensora da agricultura biológica e “uma instigadora da utilização de ervas aromáticas na cozinha”. A proprietária das Casas da Li é adepta das pequenas hortas em casa mesmo que estas se resumam a vasos na varanda. “Defendo que devemos mitigar a utilização de químicos/tóxicos na produção de hortofrutícolas. Uma das minhas máximas é que a comida saudável proporciona-nos uma vida saudável”, afirma.

Lígia Santos
Chef Lígia Santos. Fonte: Club masterCOOK/Facebook

A vencedora do primeiro MasterChef Portugal criou também o Club masterCOOK para partilhar conhecimentos e experiências gastronómicas. Este projeto, criado em 2011, na sua terra natal, Vila Nova de Famalicão, promove workshops de cozinha e ações de team cooking que podem ser privadas ou empresariais. É também um local onde se promovem e divulgam marcas, produtos, utensílios e equipamentos.

No fundo, para Lígia Santos, a cozinha é acima de tudo um ponto de encontro. E se esse encontro for feito num lugar acolhedor, rodeado de natureza e com uma paisagem a perder de vista sobre o vale do Lima e com as Serras da Peneda e do Gerês como pano de fundo ainda melhor.

10 razões para visitar o Parque Nacional da Peneda-Gerês

Já passaram 50 anos desde que o primeiro e único parque nacional português foi criado em maio de 1971. São 70 mil hectares de serra e natureza em estado puro que fazem do Parque Nacional da Peneda-Gerês (PNPG) um dos lugares mais incríveis de Portugal.

Read more

373 Shares

Artigos relacionados

Faça um comentário

Ao clicar em ENVIAR aceita a privacidade

Copy link
Powered by Social Snap