Marta Neves

Marta Neves

Ir em busca do Vale do Varosa implica poisar os olhos a norte de Portugal, entre Tarouca e Lamego. Este é um dos muitos recantos silenciosos, de paisagens magníficas, pontuadas por uma fauna e flora exuberantes. É também uma área denominada “território histórico”, marcada pela herança monástica. Os monges das ordens de Cister e dos Franciscanos criaram aqui raízes desde o início do reino.

Situada no sudoeste algarvio, Lagos é daquelas cidades de personalidade forte. O passado histórico e os dias de hoje casam facilmente, talvez por o denominador comum ser o mar. Lagos sempre abraçou o oceano em frente, com o norte de África num horizonte não muito distante de resto, o motivo para ter sido estratégico logo no início dos Descobrimentos, pela mão do Infante Dom Henrique que a engrandeceu.

Esta é uma vila singular: cresceu debruçada sobre o mar, embora ligada à Serra de Sintra. A uma distância conveniente de Lisboa, mistura o perto e o longe que se quebra rapidamente, num passeio de comboio junto à costa. Com vida própria, Cascais mantém o seu encanto sereno, pontuado por entusiasmos maiores. Procurámos captar essa essência através de oito sugestões percorrendo mar, serra, História, património, cultura e lazer.

O Parque Natural Sintra-Cascais é serra e mar. A sua costa olha o Atlântico de frente. Aqui as águas são frias e revoltas. O relevo é feito desafios radicais em forma de arribas que escondem recantos de areia. É a natureza em estado quase puro para conhecer o ano inteiro.

Se o arenito vermelho e os laranjais são os tons de Silves, o Arade fez dela um posto disputado e vincou-lhe a história. Com a Serra de Monchique ao fundo, de terras férteis e um rio navegável até ao mar, muitas foram muitas as gentes que aqui se instalaram. Assim aconteceu com os romanos, interessados […]

Conhece Tavira? É das cidades algarvias onde o tempo flui com calma. A cidade é atravessada pelo Rio Gilão, está virada para o mar, sob a proteção da Ria Formosa. A norte, estende-se por entre hortas até chegar ao barrocal e tocar a Serra do Caldeirão. Mar, cidade com identidade, terra, serra; aqui há um pouco de tudo.

Loulé é a capital do maior concelho do Algarve, que vai do litoral à fronteira com o Alentejo. Esta foi uma área ocupada desde sempre pelo Homem. A história de Loulé é expressão do cruzamento e sobreposição de culturas ao longo dos tempos. Há presença humana nestas paragens desde o Paleolítico. Mais tarde, na Era […]

Belém situa-se na zona mais oeste de Lisboa. A vida neste bairro respira a História de Portugal, seja o período áureo dos Descobrimentos, um pouco de Estado Novo de Salazar ou a Lisboa dos dias de hoje, plena de renovação e vitalidade.

S. Brás de Alportel é uma vila que se descobre no coração do Sotavento algarvio. Implantada no barrocal, encostada à Serra do Caldeirão, daqui ainda se avista o oceano na linha do horizonte.
12