Cabo da Roca.

Cabo da Roca. Por Tomasz Wozniak

Portugal é um país ‘à beira-mar plantado’. São mais de 500 quilómetros de costa, não esquecendo ainda os arquipélagos da Madeira e dos Açores, onde o mar circundante oferece inúmeras paisagens inesquecíveis.

Por vezes, a terra entra pelo mar adentro, criando miradouros naturais que impressionam pela beleza que permitem vislumbrar, mas também pelo testemunho da luta de forças entre o mar e a terra. Falamos dos cabos, estes ‘acidentes geográficos’ difíceis de dobrar, onde um farol normalmente lá está localizado para servir de guia aos navegantes que procuram o melhor ancoradouro.

Dada a sua extensão costeira, Portugal tem inúmeros cabos, que permitem uma vista de longo alcance sobre o mar, a partir do qual fomos à descoberta de novos mundos. Aqui, é possível descansar e admirar estas paisagens belíssimas. Selecionámos doze destes miradouros naturais, no continente e nas ilhas, que merecem uma visita.

1. Cabo Carvoeiro

Cabo Carvoeiro e Nau dos Corvos

Por p_rocha

No extremo da península de Peniche, este cabo, de onde se pode ver as Berlengas, é bastante rico, tanto a nível geológico como paisagístico. Neste local foi erigido o Farol do Cabo Carvoeiro, com 25 metros de altura, e a Capela da Nossa Senhora dos Remédios.

2. Cabo Espichel

Cabo Espichel

Cabo Espichel. Por MiguelG.

Este fica no concelho de Sesimbra e acolhe ainda o conjunto do Santuário de Nossa Senhora da Pedra Mua – Igreja de Nossa Senhora do Cabo, Ermida da Memória, Casa dos Círios, Terreiro no Cabo Espichel, Cruzeiro, Casa da Água e o Aqueduto do Cabo Espichel. No alto deste promontório pode ser vista a Baía dos Lagosteiros. A paisagem é admirável e tranquilizante.

3. Cabo Mondego

Cabo Mondego

Cabo Mondego. Por Wikimedia

Este cabo fica na ponta ocidental da Serra da Boa Viagem, a poucos quilómetros da Figueira da Foz, e tem um elevado valor científico, pelo que foi classificado como Monumento Natural. É cortado a pique e tem inúmeras falésias com cerca de quarenta metros de altitude. Junto dele está localizado o Farol do Cabo Mondego, com quinze metros de altura.

4. Cabo Raso

Cabo Raso

Cabo Raso. Por Wikimedia

A poucos quilómetros do cabo da Roca, na vila de Cascais, fica o cabo Raso. Neste cabo fica o Farol do Cabo Raso e o Forte de São Brás de Sanxete. Junto de Lisboa, é assim mais um cabo de rápido acesso e fácil de explorar.

4. Cabo da Roca

Cabo da Roca

Cabo da Roca. Por Wikimedia

Este também fica na região da Grande Lisboa, no concelho de Sintra, e foi descrito por Luís Vaz de Camões, nos ‘Lusíadas’, como ‘Onde a terra se acaba e o mar começa’. Esta particularidade está mesmo indicada num padrão em pedra com uma lápide. O Cabo da Roca é o ponto mais ocidental de Portugal continental, assim como da Europa continental. É um dos cabos mais turísticos de Portugal. Junto dele existe o Farol do Cabo da Roca e uma loja turística. Está inserido no Parque Natural de Sintra-Cascais, numa zona de fáceis acessos e de grande afluência turística.

5. Cabo de Santo André

Cabo de Santo André. Por PedroPVZ

Este fica no norte do país e acredita-se que seja o antigo Promontorium Avarus romano, referido pelo geógrafo Ptolomeu. Este cabo, que fica na Póvoa do Varzim, apresenta vestígios da sua romanização e da devoção religiosa, vista na capela de Santo André, que os habitantes têm.

6. Cabo de São Vicente

Cabo de São Vicente

Cabo de São Vicente. Por Wikimedia

A partir deste cabo, que fica na freguesia de Sagres, é possível, com bom tempo, ver a passagem dos navios entre o norte de África e o mar mediterrâneo. Fica situado no extremo sudoeste de Portugal continental, na freguesia de Sagres, concelho de Vila do Bispo.

7. Cabo Sardão

Cabo Sardão

Cabo Sardão. Por Markos90

Este cabo, que fica na costa alentejana, é a maior proeminência da costa ocidental entre o cabo de Sines e o cabo de São Vicente. Aqui também existe o típico farol, denominado farol do Cabo Sardão.

8. Cabo de Santa Maria

Cabo de Santa Maria

Cabo de Santa Maria. Por Wikimedia

Este é o cabo mais a sul de Portugal continental. Este cabo ficava na primitiva Ilha do Cabo de Santa Maria. A abertura definitiva do canal da Barra Nova, para serviço aos portos de Faro e Olhão, no início do século XX, dividiu a ilha em duas, Culatra e Barreta. O cabo de Santa Maria é o ponto mais a sul de Portugal Continental.

9. Ponta da Abra (Madeira)

Madeira, Portugal

Isla de Madeira. Por Xavier Allard

Esta pequena saliência da costa marítima, na Ponta de São Lourenço, Ilha da Madeira, limita a Baía d’ Abra pelo lado de oeste. Vale a viagem pela calmaria que transmite.

10. Ponta da Caveira (Açores)

Esta fica na ilha das Flores, nos Açores, e caracteriza-se pela extensa língua de terra que entra pelo mar e permite uma boa zona de mergulho. Distingue-se ainda por ser uma língua de terra formada por escoadas de lavas em diferentes épocas geológicas que criaram diversas fendas e grutas na parede, originadas por tubos de lava de grandes dimensões.

11. Ponta de Sagres

Sagres

Sagres. Por Kyle Taylor

Este é um dos pontos mais conhecidos do país com grande importância para os navegadores, pois oferece abrigo às embarcações antes de estas terem de passar pelas perigosas águas do Cabo de São Vicente. Fica 4 km a leste e 3 km a sul do Cabo de São Vicente, tido como o extremo sudoeste da Europa continental, e oferece vistas deslumbrantes sobre o mar.

Casas de campo em Portugal

Publique um comentário

* Estão marcados os campos obrigatórios.