Se quer reduzir a sua pegada ecológica mesmo em ambiente de férias, nada melhor do que escolher uma casa que utilize energias renováveis para se sentir bem e em harmonia com a natureza. Assim, escolher um alojamento que recorra a energias renováveis será certamente uma opção em cima da mesa.

Por isso mesmo, de seguida, damos-lhe a conhecer casas que tiram o maior partido das águas pluviais, que recorrem a painéis solares para aquecimento ou que produzem eletricidade através de painéis fotovoltaicos. Faça a sua escolha.

1. Naturarte Campo (Odemira)

Integrado no próprio nome, a defesa da natureza é uma das bandeiras deste alojamento localizado na Costa Vicentina, muito perto de Vila Nova de Milfontes, no Alentejo. O empreendimento assume um compromisso com o ambiente, recorrendo às energias renováveis.

Acreditando que se deve utilizar as soluções tecnológicas mais adequadas para minimizar o impacto na natureza enquanto se preserva o conforto do mundo contemporâneo, o Naturarte procurou soluções que permitam usufruir de ar condicionado ou da internet sem fios, mas com o menor recurso possível a combustíveis fósseis. Assim, para além de painéis solares dedicados a aquecimento, tem duas unidades de produção de energia fotovoltaica que tiram partido do abundante sol da região para produzir eletricidade.

2. Bem Bom (São Brás de Alportel)

Esta é uma verdadeira casa eco-friendly, pois toda a água é aquecida através de energia solar e quase toda a eletricidade é produzida por painéis fotovoltaicos. Os proprietários do Bem Bom são um casal belga, Chris e Kathleen, que descobriam Portugal há mais de 10 anos e querem partilhar com os seus hóspedes as maravilhas deste belo país e os sítios mais fantásticos e escondidos do Algarve.

Esta é uma boa opção para quem quer desfrutar das maravilhas do Algarve com a tranquilidade oferecida pelo meio rural e proximidade às praias. Desfrute ainda da harmonia da arquitetura tradicional de um palacete algarvio. Tem nove quartos.

3. Naturarte Rio (Vila Nova de Milfontes)

Este empreendimento, irmão do Naturarte Campo, está localizado em pleno Parque Natural do Sudoeste Alentejano, perto de Vila Nova de Milfontes, num local privilegiado para explorar a natureza do parque. Também o Naturarte Rio assume um compromisso com o ambiente, pelo que recorre às energias renováveis e faz uma perfeita integração das construções com a paisagem e do uso de espaços verdes.

A unidade tem energia solar-térmica para aquecimento da água e produção de energia fotovoltaica. Por outro lado, tratam das águas residuais, que são parcialmente utilizadas para rega. E tal como acontecia nas casas dos nossos avós, os restos da fruta e dos legumes são utilizados para a alimentação das galinhas. Por outro lado, os animais (principalmente os cavalos) produzem estrume que serve para adubar a horta, completando-se assim o ciclo de aproveitamento. Tem onze quartos.

4. Casa de L Bárrio (Miranda do Douro)

Localizada em Picote, na Miranda do Douro, a Casa de L Bárrio é uma casa rústica possui uma arquitetura típica da região minhota. Aquando a sua restauração, foi utilizado materiais naturais, como o granito e madeiras de zimbro e carvalho negral da região para manter a sua autenticidade.

É uma casa eco-friendly, pois o aquecimento central da casa e da água provém de energias renováveis, reduzindo desta forma apegada ecológica. Possui dois quartos, um com cama de casal e outro com camas twin, e uma mezzanine com sofá cama, proporcionando o ambiente acolhedor para quem quer explorar as paisagens verdejantes e relaxantes do norte do país. Disponibiliza ainda uma sala com um ambiente confortável com lareira e uma cozinha devidamente equipada. Na envolvente exterior existe um espaço para relaxar e tomar banhos de sol e para fazer refeições.

5. Suite Bogalhais (Marialva)

Um casal que tenha preocupações com os gastos de energia tem aqui uma opção de alojamento pensada especialmente para eles. A Suite Bogalhais é eco sustentável e está localizada na região das Beiras e da Serra da Estrela reutiliza quase toda a água que consome através de processos biológicos e de depuração, armazena a água que provém da chuva para reaproveitamento e também recorre a painéis solares para aquecer quase toda a água nela utilizada.

Também os materiais utilizados na sua construção e no seu interior são na sua maioria naturais, ecológicos e reciclados. E com uma cama de casal king-size, casa de banho privativa com duche, banheira em open-space com jardim vertical, zona de estar e dois decks exteriores privativos, quer melhor forma de tirar uns dias de descanso em harmonia com a natureza sem descurar o conforto?

6. Quinta dos Castanheiros (Terras de Trás-Os-Montes)

Na região de Trás-os-Montes, perto de Bragança, esta quinta com capacidade para acolher doze pessoas permite descobrir um sem fim de lugares encantadores. O Parque Natural do Douro Internacional, as Terras de Bouro, Miranda do Douro, entre muitas atrações, vão fazer as delícias dos visitantes.

Mas nada como chegar a casa e descansar. Se quer visitar esta zona e leva consigo as preocupações ecológicas, este alojamento pode ser a sua opção. A Quinta dos Castanheiros tem um sistema de aproveitamento de águas e gera energia para a casa através de painéis solares. Pode assim desfrutar da piscina, do ginásio, da sauna, do jardim e até de uma casa na árvore sem preocupações e em harmonia com a natureza.

Publique um comentário

* Estão marcados os campos obrigatórios.