Desde 2017 que as tardes de sábado de Paulo Campos estão reservadas para a recuperação dos moinhos de Jancido, um lugar da freguesia de Foz do Sousa, no concelho de Gondomar. Juntamente com quatro amigos de longa data, Paulo meteu mãos à obra com o objetivo de devolver à sua terra um paraíso há muito escondido debaixo de vegetação impenetrável.

Quando Joana Travessas se viu obrigada a encerrar inesperadamente o seu alojamento rural devido à crise da Covid-19 não conseguiu ficar indiferente à situação que Portugal e o mundo atravessam. De repente, o seu lema “we have, we help” (nós temos, nós ajudamos) nunca lhe pareceu tão apropriado. Depois de tomar todas as medidas para salvaguardar os seus colaboradores, quer ao nível da saúde quer economicamente, o passo seguinte foi disponibilizar gratuitamente os quatro alojamentos que tem na quinta para os profissionais de saúde que estão a lutar contra o coronavírus.

Palavras como confinamento e isolamento social entraram no vocabulário do nosso dia-a-dia devido à crise da covid-19, mas para Fernando Gonçalves, o único habitante permanente de Vale de Poldros, essas palavras não são novas. Desde 2004 que Fernando vive sozinho nesta aldeia abandonada do concelho de Monção, também conhecida como “a aldeia dos hobbits”, pois parece saída de um cenário dos filmes “O Senhor dos Anéis”.