Fomos explorar a Comporta, a coqueluche de Portugal que tantas páginas tem enchido de publicações de turismo nacionais e internacionais. O que tem, afinal, de tão especial esta pacata aldeia alentejana? Fomos saber.

O Parque Natural da Serra da Arrábida é dos mais belos de Portugal. Abrangendo território pertencente aos concelhos de Palmela, Sesimbra e Setúbal, junta o verde da vegetação e o azul do mar por cerca de 17 mil hectares, dos quais mais de 5 mil são de superfície marinha.

A celebrar dez anos em Portugal, o SEA LIFE Porto é um dos mais bem-sucedidos aquários do país. Com 2.200 metros quadrados de área e vista para a foz do rio Douro, onde o rio e o mar se cruzam, alberga mais de 400 espécies diferentes, marinhas e de água doce, que vivem em 31 aquários.

A prática de naturismo está cada vez mais desenvolvida em Portugal. Já existem oito praias oficiais para a sua prática e estima-se que sejam cerca de 10 mil os praticantes desta filosofia de vida ligada ao bem-estar pessoal e ao contacto com a natureza.

São 13 os parques naturais portugueses categorizados pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). Ou seja, são áreas protegidas pela sua biodiversidade e que apresentam um repositório de geologia, flora e faunas típicas do país e que refletem a sua imensa beleza.

Em 2011, Garrett McNamara fixou a Nazaré no mapa do mundo do surf, ao surfar a maior onda do mundo, com 23,8 metros, na Praia do Norte. Este recorde mundial foi superado, na mesma praia, pelo brasileiro Rodrigo Koxa, com uma onda de 24,38 metros de altura, surfada em 2017.

Foi ao som das gaivotas que fomos recebidos na Ericeira. O mar estava revolto e a impor respeito. O céu ameaçador e a pedir o fecho do agasalho. Até as gaivotas procuravam abrigo nesta terra de gentes do mar, falamos de pescadores e de surfistas. ‘Gaivotas em terra, sinal de vendaval’, lá diz o ditado. Mas estava linda a imagem. Ali sente-se a força da natureza. Sobretudo no inverno.

São 13 os parques naturais portugueses categorizados pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). Ou seja, são áreas protegidas pela sua biodiversidade e que apresentam um repositório de geologia, flora e faunas típicas do país e que refletem a sua imensa beleza. Ao fazer-se uma visita de turismo da natureza, a descoberta da magnitude destes parques é uma mais valia para a sua contínua preservação.

O Parque Natural Sintra-Cascais é serra e mar. A sua costa olha o Atlântico de frente. Aqui as águas são frias e revoltas. O relevo é feito desafios radicais em forma de arribas que escondem recantos de areia. É a natureza em estado quase puro para conhecer o ano inteiro.
1234