Monte Selvagem

Por E.Q.

Zebras, avestruzes, veados, entre muitos outros animais, andam à solta no Monte Selvagem – Reserva Animal, em Lavre, concelho de Montemor-o-Novo, distrito de Évora. E podem vir ter consigo no passeio de trator que se faz neste parque temático. Com 20 hectares, dá guarita a 350 animais, de 60 espécies… alguns enclausurados pelas razões óbvias, como os crocodilos ou os macacos que se podem observar aqui, em pleno Alentejo.

Por aqui há muito para ver, muitos animais para conhecer e até alimentar, zonas de lazer e brincadeira para os mais pequenos, com slides, baloiços, casas de árvore e escorregas espalhados por toda a área. Aliar a natureza e a educação é uma das missões do parque. E os mais pequenos adoram o convívio próximo com os animais e absorvem os conceitos de proteção da natureza.

O Monte Selvagem é um parque privado que nasceu há 14 anos da vontade de colmatar uma lacuna internacional existente em termos de excedentes de animais em parques zoológicos. Nem sempre esses animais tinham sítios para serem realocados, quando por alguma razão teriam de sair do sítio onde estavam. A ideia foi, então, criar um local de respeito pelo ambiente e de proteção da vida animal. Passados estes anos, hoje, este é um dos mais característicos espaços nacionais de alojamento e proteção da biodiversidade e de contacto com a natureza.

Monte Selvagem

Por Monte Selvagem

Foi construído e gerido sob princípios de coerência ambiental e de sustentabilidade. Não possui mesmo nenhum animal oriundo do seu habitat natural. É uma espécie de santuário para os animais resgatados de locais impróprios.

Ajudar a educar para a proteção e necessidade de sustentabilidade da natureza é uma das missões do Monte Selvagem. E nada como aproximar uns e outros. Aqui pode, por isso, alimentar alguns animais, como as cabrinhas, por exemplo, e cruzar-se com zebras e avestruzes no passeio de trator que acontece várias vezes ao dia, numa experiência de convívio ao ar livre que não é muito comum em parques com animais.

A pouco mais de 100 quilómetros de Lisboa, o percurso pedestre por cinco hectares do parque é livre, para explorar os vários recantos com animais, alguns enclausurados e outros andam à solta. Não se espante, por exemplo, se vir um pavão em cima de uma árvore ou se pequenos porquinhos vierem a correr até si. Pode, por exemplo, entrar na zona da quintinha, onde encontra cabras, porcos, galinhas e alimentar alguns destes animais à mão. Depois, pode ver outros animais, como macacos, javalis, crocodilos ou canguru em espaços delimitados e observá-los na sua atividade diária.

A visita de trator faz-se por uma área de 12 hectares e permite ver de perto animais em semiliberdade. É aqui se nos cruzamos com as avestruzes, lamas, zebras, veados, etc. Estas visitas têm a duração de meia hora e ocorrem várias vezes ao dia.

Monte Selvagem

Por E.Q.

Para os miúdos não faltam as outras diversões, como diversas casas nas árvores, slides, baloiços e jogos educativos ao longo do parque, bem como inúmeros jogos de equilíbrio e destreza que promovem a atividade lúdico-motora. Há também um trampolim gigante familiar, para que miúdos e graúdos se divirtam em conjunto. «Através de uma forte vertente educativa, recreativa e interativa, mantem uma relação com os seus diversos públicos de familiaridade, acessibilidade e lazer. No Monte Selvagem, pode-se disfrutar de momentos únicos na natureza», afiança o parque no seu site.

A ideia é passar o dia neste espaço em convívio com a natureza e aproveitar os cantos e recantos das árvores, para um merecido descanso. Pode levar merenda, pois existem áreas destinadas às refeições ao longo do parque. Mas também existe um bar com esplanada para fazer refeições ligeiras.

Por toda a extensão do parque também pode ler mensagens de incentivo para cuidar da natureza. Os visitantes são, por exemplo, convidados a abraçar uma árvore.

Monte Selvagem

Por E.Q.

Tendo iniciado atividade em 2004, tudo começou como um sonho. O Monte Selvagem é fruto da vontade de uma família audaz e do trabalho dedicado de uma equipa técnica pluridisciplinar, com qualificação desde as ciências naturais às ciências humanas. Hoje, o Monte Selvagem é um dos destinos turísticos mais procurados na região, tendo sido premiado em 2012 pela Entidade Turismo do Alentejo – ERT, com a distinção de Melhor Empreendimento de Animação Turística do Alentejo. O sonho está a cumprir-se.

Publique um comentário

* Estão marcados os campos obrigatórios.