Parque Nacional Peneda-Gerês. Por Pepolino83

Numa altura em que a sustentabilidade do planeta é uma preocupação tão presente, é também essencial falarmos de turismo sustentável. Este é um tipo de turismo onde se procura viajar de forma mais responsável e consciente, tendo em conta o respeito pelas culturas, pessoas e meio ambiente.

Todos os anos, um conjunto de organizações lideradas pela Green Destinations elege os 100 destinos mais “verdes” do mundo enaltecendo os esforços de destinos turísticos para um turismo responsável e sustentável. Portugal foi eleito o destino mais sustentável da Europa na feira de turismo de Berlim, em março de 2019. A organização destacou ainda 9 destinos portugueses que se esforçam para promover um turismo mais sustentável.

1. Alto Minho

Parque Nacional Peneda-Gerês. Por Pepolino83

A região do Alto Minho inclui parte do único parque nacional existente em Portugal – o Parque Nacional da Peneda-Gerês, também classificado como Reserva Mundial da Biosfera Transfronteiriça. Para além disso, duas Paisagens Protegidas (Bertiandos e Corno de Bico), o Parque Natural do Litoral Norte e os estuários do Minho e Coura representam refúgios seguros para diversas espécies, como aves migratórias.

O Alto Minho é um destino sustentável pelas medidas de redução de consumo de energia. Em 2015, tornou-se a única sub-região portuguesa totalmente certificada com a Carta Europeia de Turismo Sustentável. Foi colocado em prática um Plano de Ação para Mobilidade Urbana Sustentável com o objetivo de incentivar o uso de meios de transporte que causam um menor impacto ambiental. Existem vários caminhos e trilhos ecológicos e várias rotas de pedestres com itinerários interpretativos que incentivam a descoberta da natureza e da cultura do Alto Minho.

2. Águeda

Águeda. Por Vitor Oliveira

Águeda é um município do distrito de Aveiro com diversas paisagens naturais e culturais, onde as suas gentes, cultura e tradições são valorizadas. Para melhorar o turismo sustentável, Águeda tem vindo a promover a requalificação e valorização de espaços, valorizando-os de acordo com a sua história e a cultura. Ao mesmo tempo, a cidade combina tecnologia e inovação com tudo o que tem para oferecer, criando por exemplo novas aplicações móveis para ajudar os turistas a melhorar a sua experiência em Águeda levando-os a descobrir o território.

Águeda é um destino sustentável pelas medidas de melhoria à qualidade, como por exemplo ações no campo da mobilidade sustentável. Alguns projetos do município passam pela implementação de uma rede de ciclovias urbanas; a criação de uma rede de trilhos para pedestres e novas áreas livres de carros; e o projeto beÁgueda, que tem como objetivo incentivar os cidadãos a usar as bicicletas eletrónicas públicas.

3. Região Oeste

Nazaré. Por Mister No

Constituída por 12 municípios, a Região Oeste do país é única em termos culturais. Aqui, cada município promove o desenvolvimento e qualidade de vida. As praias são limpas e têm um estatuto de “Excelente” de acordo com as diretivas da União Europeia e cerca de 16 praias são acessíveis a pessoas com mobilidade reduzida. Em 87% da Região Oeste não se pode construir e uma grande parte do território é área natural protegida. A região tem também o maior recife subaquático da Europa, o recife da Nazaré.

Para além disso, a região tem uma distintiva herança cultural que se traduz em vários museus e edifícios históricos restaurados, incluindo o Mosteiro de Alcobaça, que faz parte do Património Mundial da UNESCO.

4. Torres Vedras

Torres Vedras. Por JackF

Torres Vedras é um município português do distrito de Lisboa com 20 km de área costeira, uma rica herança histórica e diversa gastronomia. Este município protege e promove a biodiversidade e coloca um esforço no aumento das oportunidades de mobilidade.

Torres Vedras também atribui uma grande importância ao aumento da consciência ambiental entre os seus cidadãos e por isso foi inaugurado um Centro de Educação Ambiental. O objetivo é demonstrar a importância de reduzir o consumo de água, reutilizar as águas residuais tratadas e usar a águas da chuva para irrigação.

5. Serras do Socorro e Archeira

Serra do Socorro. Por Vitor Oliveira

A Paisagem Protegida Local das Serras do Socorro e Archeira (PPLSSA) destaca-se da envolvente pela sua forma e é constituída pelas Serras do Socorro, Archeira, Galharda e Monte Deixo, apesar de serem as primeiras duas que merecem mais destaque. Os 1223 hectares da paisagem protegida do concelho de Torres Vedras estão distribuídos maioritariamente pelas Freguesias do Turcifal e União das Freguesia de Dois Portos e Runa englobando ainda pequenas áreas da União de Freguesias de Santa Maria, São Pedro e Matacães.

A sua flora destaca-se pelos mosaicos agrícolas e florestais e estruturas ripárias ao longo das linhas de água, onde nascem orquídeas. A sua fauna é exibida pela diversidade de espécies de pequenos mamíferos, borboletas e pássaros. É um lugar onde a natureza, história, cultura e paisagem são elementos de um grande valor patrimonial.

6. Sintra

Praia da Maçãs, Sintra. Por moedas1

Sintra é um destino costeiro na região de Lisboa. Grande parte das suas praias tem o selo de “Excelente” pela qualidade da água. Sintra tem também preciosas relíquias naturais, arquitetónicas e arqueológicas reconhecidas como Património Mundial da UNESCO em 1995.

A cidade mantém a sua herança viva, bem preservada e promovida. Para além disso, Sintra foi um dos primeiros municípios a desenvolver um plano estratégico local para fazer face às alterações climáticas.

7. Cascais

Praia do Estoril, Cascais. Por curto

Outra cidade costeira bem perto de Lisboa considerada pela Green Destinations como um destino sustentável é Cascais. A cidade está empenhada em reduzir as emissões de CO2 em mais de 20% até 2020. Como consequência, o município promove o uso de mobilidade sustentável, disponibilizando bicicletas gratuitas em vários pontos da cidade.

Em Cascais, também se valoriza muito a educação ambiental. O município promove visitas guiadas onde se pode aprender sobre a cultura local e natural e sobre a herança histórica no Parque Natural do Pisão. Os visitantes podem ainda aprender sobre a rica biodiversidade costeira da área no Centro de Interpretação Ambiental da Pedra do Sal (CIAPS), o primeiro “Zero Energy building” público em Portugal.

8. Lagos

Lagos. Por Kite_rin

Lagos é um dos lugares mais visitados na região do Algarve, assim como em Portugal em geral. Mais de 60% do seu território é uma área de conservação natural e todas as suas praias e a marina de Lagos têm o certificado de Bandeira Azul. Há uma rica herança cultural em Lagos com vários monumentos e edifícios históricos importantes. O município promove e preserva as tradições locais, a herança e cultura.

De forma a reduzir o impacto ambiental do turismo de Lagos e para responder ao recente aumento da consciência ambiental entre os turistas, vários hotéis em Lagos têm demonstrado o seu compromisso corporativo para com a sustentabilidade. Nos últimos anos, Lagos ganhou vários prémios pelas suas diversas práticas sustentáveis.

9. Açores

Cidade da Horta, Faial, Açores. Por José Luís Ávila Silveira/Pedro Noronha e Costa

O arquipélago dos Açores é constituído por nove ilhas vulcânicas no meio do oceano Atlântico. Há muitas atividades disponíveis para os visitantes dos Açores: caminhadas por paisagens magníficas marcadas por densas florestas costeiras, jogar golfe num dos melhores e menos explorados campos do mundo, relaxar nas águas carbónicas naturais, cascatas e piscinas naturais, observar baleias, fazer canoagem e caiaque, velejar e andar a cavalo.

Os Açores são bem conhecidos por promoverem a sustentabilidade. O arquipélago tem uma rica e protegida geodiversidade e vida marinha, e áreas naturais com trilhos de caminhadas bem regulados. As energias renováveis são também muito usadas nas ilhas. Nos Açores, o uso racional da água é apoiado pelo Plano Regional da Água da Região Autónoma dos Açores (PRA). Além disso, as empresas de turismo estão a garantir benefícios sociais e económicos a longo prazo e o governo apoia atividades de direitos humanos.

Publique um comentário

* Estão marcados os campos obrigatórios.