O cozido à portuguesa é um dos pratos mais conhecidos e apreciados da cozinha lusa. Este clássico português é uma mistura de sabores intensos, com uma grande variedade de carnes e legumes. Um pouco por todo o país, existem diversas variações deste clássico nacional. Algumas receitas incluem frango, presunto e feijão, outras dispensam alguns desses ingredientes. Em Trás-os-Montes não falta a alheira e no Algarve há quem junte ao cozido a batata-doce. No entanto, é nos Açores que esta iguaria assume um caráter único: o famoso cozido das Furnas é cozinhado debaixo da terra com a ajuda do calor vulcânico.

Há livros que pela forma como descrevem a paisagem, os lugares e o ambiente transportam-nos para o sítio onde a ação se desenrola. Os livros são uma ótima forma de viajar sem sair de casa, mas também servem para nos inspirarmos a viajar e conhecer lugares que outrora descobrimos nas páginas de um livro.

Portugal foi eleito o destino mais sustentável da Europa na feira de turismo de Berlim, em março de 2019. A organização destacou ainda 9 destinos portugueses que se esforçam para promover um turismo mais sustentável.

Os lugares abandonados têm um encanto especial e atraem cada vez mais turistas fascinados pela aura quase mística destes edifícios. Cada uma dessas construções enigmáticas e abandonadas no tempo carregam uma história própria e surpreendente. Apesar de vandalizados e engolidos pela natureza, eles continuam deslumbrantes. Cada um deles com uma beleza especial e muito própria, são inúmeros os locais abandonados em Portugal. Selecionámos oito locais abandonados no nosso país que o irão levar por uma viagem ao passado.

Portugal é um país de tradições e costumes bem enraizados na cultura do país. A época natalícia não é exceção e há inúmeros rituais que se mantêm bem vivos ano após ano. Há tradições que se repetem de norte a sul do país. Mas há também tradições típicas de determinadas regiões de Portugal e que apenas aí se podem vivenciar. Viaje connosco pelo país imbuído no espírito natalício e fique a conhecer as tradições mais curiosas e peculiares do Natal em Portugal.

Há edifícios que pela sua história e pelo valor que representam para Portugal são classificados como bens imóveis de interesse nacional, público ou municipal. É um património que inclui monumentos, igrejas, palácios, conventos. Mas também casas, algumas das quais funcionam hoje em dia como alojamentos turísticos. Fizemos uma seleção de casas de campo classificadas como imóveis de interesse público pela importância que têm na região onde estão inseridas.

Em Portugal, existe uma concentração de grutas essencialmente na região dos Açores e nas Serras de Aire e Candeeiros. Fizemos uma seleção de grutas para descobrir em Portugal, do centro ao sul do país, passando também pelas ilhas.

No século II, o aparecimento do moinho de água representou uma grande inovação na História da humanidade pelo papel essencial que teve no desenvolvimento da agricultura e da economia. Hoje em dia, e com o surgimento de técnicas mais avançadas de moagem, tornaram-se obsoletos. Contudo, a beleza arquitetónica destas construções aliada à mística que as paredes de um moinho carregam, levou a que muitos destes edifícios fossem restaurados e transformados em casas de campo.

Quem já teve oportunidade de pernoitar numa casa de madeira sabe que este tipo de casa proporciona um ambiente mais natural e tranquilizador. Afinal, ficamos rodeados por elementos da natureza. Por isso, para uma escapadinha no campo, ficar alojado numa casa de madeira é uma ideia muito recompensadora, garantimos. É o que lhe propomos com a nossa seleção de casas de campo de madeira.

Vamos para a praia? Vamos para o campo? E que tal um irresistível dois em um? Nada como um belo dia de praia que termina a descansar numa casa de campo rodeada de árvores e com os passarinhos a cantar e o crepitar da churrasqueira a fazer abrir o apetite. É isso mesmo que lhe propomos nesta seleção de casas. Um dois em um que vai deixar toda a família feliz.
12