Poderiam ser os primeiros versos de uma marcha popular do Santo António de Lisboa mas é apenas uma forma de fazer com que não perca os Arraiais com muita música e balões coloridos, as sardinhas assadas, o caldo verde, os manjericos, as marchas populares e os casamentos de Santo António que fazem parte das Festas de Lisboa que se realizam no decorrer do mês de Junho na capital alfacinha.

Esta é uma vila singular: cresceu debruçada sobre o mar, embora ligada à Serra de Sintra. A uma distância conveniente de Lisboa, mistura o perto e o longe que se quebra rapidamente, num passeio de comboio junto à costa. Com vida própria, Cascais mantém o seu encanto sereno, pontuado por entusiasmos maiores. Procurámos captar essa essência através de oito sugestões percorrendo mar, serra, História, património, cultura e lazer.

Foi ao som das gaivotas que fomos recebidos na Ericeira. O mar estava revolto e a impor respeito. O céu ameaçador e a pedir o fecho do agasalho. Até as gaivotas procuravam abrigo nesta terra de gentes do mar, falamos de pescadores e de surfistas. ‘Gaivotas em terra, sinal de vendaval’, lá diz o ditado. Mas estava linda a imagem. Ali sente-se a força da natureza. Sobretudo no inverno.

Viajar com os mais pequenos é sempre um desafio para os pais. Vale a pena conhecer Lisboa mas há também que pensar nos pequenitos que se aborrecem de calcorrear as ruelas da cidade, de visitar museus, de conhecer a história e as tradições alfacinhas. A nossa aposta é ajudar os pais a descobrir uma Lisboa para as crianças, uma Lisboa diferente onde encontrarão um sem número de atracções que fazem da capital portuguesa um local de aventuras, descobertas e muita diversão.

Lisboa é uma daquelas cidades onde, quem chega, se sente em casa. A cidade é cada vez mais dos turistas, dizem, mas ainda há sítios que se mantêm –com toda a resiliência– como cantinas diárias dos lisboetas, as famosas “Tasquinhas”.

Quem ouve falar em Óbidos logo exclama um profundo ‘ahhhh’. Ora é pela deliciosa e afamada ginjinha, ora é pelo recordar de um chocolate quente por lá apreciado num dia frio de inverno, ora é pelas ruelas características desta vila que convidam à contemplação.

A noite lisboeta tem muitos encantos, mas é no Fado e nas suas casas que a tradição e a cultura portuguesa conquistam corações e onde melhor se apregoa a única palavra que não tem tradução para qualquer outra língua do mundo, a palavra Saudade…

O estilo de vida vegano tem se popularizado um pouco por em todo o mundo, seja por uma questão de bem-estar, uma vez que muitos estudos apontam benefícios a este tipo de alimentação, ou por uma questão de proteção animal, uma vez que os veganos não consomem qualquer produto de origem animal, nem sequer o leite ou o mel.

O Parque Natural Sintra-Cascais é serra e mar. A sua costa olha o Atlântico de frente. Aqui as águas são frias e revoltas. O relevo é feito desafios radicais em forma de arribas que escondem recantos de areia. É a natureza em estado quase puro para conhecer o ano inteiro.

Zebras, avestruzes, veados, entre muitos outros animais, andam à solta no Monte Selvagem – Reserva Animal, em Lavre, concelho de Montemor-o-Novo, distrito de Évora. E podem vir ter consigo no passeio de trator que se faz neste parque temático. Com 20 hectares, dá guarita a 350 animais, de 60 espécies… alguns enclausurados pelas razões óbvias, […]
12