Balões de Ar Quente, Alentejo. Por Penteas

É uma experiência que está com certeza na sua bucket list, a não ser que sofra de vertigens. Uma viagem de balão de ar quente é uma oportunidade única para ver o mundo de uma perspetiva diferente. Poder assistir ao nascer do sol – recomenda-se que comece a viagem bem cedo – e voar ao sabor do vento irá certamente ser uma experiência memorável.

A aventura começa assim que o balão se enche pouco a pouco e se apercebe da sua dimensão realmente impressionante. Quando o balão ganha forma, graças aos potentes queimadores, é hora de entrar no cesto e partir à descoberta.

Em Portugal, andar de balão de ar quente é uma atividade cada vez mais procurada. Sugerimos-lhe alguns lugares que poderá explorar desde os céus portugueses. Em total silêncio, foque-se apenas no essencial: a paisagem!

Bragança

Bragança

Bragança. Por ©Frédéric

Bem no norte de Portugal, a cidade de Bragança estende-se por uma das mais belas paisagens montanhosas do país, pontilhada por aldeias remotas. Comece o voo de balão no Castelo de Bragança, um cenário pitoresco onde destacamos as vilas ancestrais.

Outro dos pontos onde é possível começar a viagem é no Parque Natural de Montesinho, onde poderá apreciar a paisagem do nordeste português que se prolonga até à fronteira com Espanha. O Estádio Municipal de Bragança também pode ser uma das opções para a descolagem.

Porto

Porto. Por Pilar Andreu

Já imaginou como seria sobrevoar uma região que é Património Mundial? Sobrevoar o Douro Vinhateiro em balão de ar quente é uma experiência incrível. Para além dessa região, terá também a oportunidade de conhecer desde os céus a Zona Histórica do Porto e o Parque Arqueológico do Vale do Côa.

Numa viagem que dura cerca de uma hora, parta do Porto à descoberta de montanhas, planaltos, vales, ribeiras e praias fluviais de uma das regiões mais bonitas de Portugal. Deixe-se levar ao sabor do vento e acompanhe o rio Douro, sobrevoando pontes, castelos, santuários e aldeias de granito.

Alentejo

Mértola

Mértola. Por inacio pires

Das paisagens marcadamente verdes dos campos no norte do país viajamos até ao Alentejo onde impera a planície com searas douradas, campos de sobreiros e de oliveiras. Na região do Alto Alentejo, partindo de Alter do Chão, no distrito de Portalegre, poderá usufruir de paisagens magníficas que escondem histórias e riquezas naturais.

É também em Portalegre que se realiza o maior festival de balões de ar quente de Portugal nos concelhos de Fronteira, Avis, Campo Maior, Monforte e Ponte de Sor. O Festival Internacional de Balões de Ar Quente reúne equipas de vários países europeus e da América do Sul. A grande tradição de voo em balão de ar quente nesta região explica o facto da primeira escola do país para pilotos de balões de ar quente tenha aberto as portas em 2012 em Fronteira.

Já na região do Baixo Alentejo, poderá fazer o passeio a partir de Castro Verde ou Mértola.
Lá de cima, as paisagens sobre as casas caiadas, o rio Sado, as plantações de trigo e centeio, e as aldeias tipicamente alentejanas transmitem uma tranquilidade revigorante.

Ribatejo

Santarém. Por Alvesgaspar

Mesmo às portas de Lisboa, a paisagem do Ribatejo merece ser apreciada dos céus. Desfrute das vistas sobre os extensos arrozais, pinhais, olivais, vinhas e pastagens de gado e cavalos. Partindo da paisagem protegida do Monte da Barca, em Coruche, a viagem de balão é a melhor forma de explorar esta região.

Em cerca de uma hora ficará a conhecer uma paisagem de grande riqueza natural e agrícola. Aproveite para ver a cidade de Santarém, capital do gótico português, de uma perspetiva diferente com todo o seu valor histórico e cultural, sempre com o Parque Natural da Serra de Aire e Candeeiros no horizonte.

Coruche é também o palco do Flutuar – Festival Internacional de Balonismo que todos os anos enche o céu de cor e fantasia e que este ano contou com o maior balão de ar quente do mundo a voar comercialmente passageiros em Portugal.

Lisboa

Lisboa. Por Sean Pavone

A beleza da capital portuguesa merece ser apreciada das alturas. Entre num balão de ar quente em Alcochete e deixe-se levar ao sabor do vento pelos encantos de Lisboa. Tenha uma perspetiva diferente da cidade das sete colinas, rodeadas por bairros pitorescos, enquadrados pelo rio e pelo mar.

A luz única de Lisboa deslumbra ainda mais vista de um balão de ar quente. Maravilhe-se com o Castelo de São Jorge, o Estuário do Tejo, as salinas habitadas por flamingos cor-de-rosa e a imensidão da ponte Vasco da Gama.

Algarve

Lagos. Por Kite_rin

No sul do país, também poderá embarcar numa aventura num balão de ar quente longe da agitação das zonas mais turísticas. Partindo da vila de São Bartolomeu de Messines, em Silves, ou do aeródromo de Lagos, poderá desfrutar de uma paisagem de praias e falésias a perder de vista, aldeias históricas, baías escarpadas e ilhas de areia branca.

Nesta região, poderá ainda sair do aeródromo de Alvor, em Portimão, ou levantar voo na base da montanha de Monchique. Explore um outro Algarve, onde o verde da serra se mistura com os laranjais e os pomares de figo, alfarroba e amêndoa.

Publique um comentário

* Estão marcados os campos obrigatórios.