Ainda é um pouco cedo para dar um mergulho ao ar livre. Enquanto esperamos a chegado do verão, por que não desfrutar de uma piscina coberta? Estas casas de campo, distribuídas em diferentes zonas de Portugal, dispõem de piscinas climatizadas onde não nos importará se lá fora faz frio ou calor.

Portugal tem uma história muito rica. Povoado desde tempos imemoriais e por inúmeros povos que por cá passaram, tem uma bagagem cultural que deixou inúmeras marcas. E ainda hoje muitas dessas influências podem ser vistas em pequenas aldeias e vilas espalhadas por todo o território nacional, que cristalizaram muitas dessas heranças.

Viajar com os mais pequenos é sempre um desafio para os pais. Vale a pena conhecer Lisboa mas há também que pensar nos pequenitos que se aborrecem de calcorrear as ruelas da cidade, de visitar museus, de conhecer a história e as tradições alfacinhas. A nossa aposta é ajudar os pais a descobrir uma Lisboa para as crianças, uma Lisboa diferente onde encontrarão um sem número de atracções que fazem da capital portuguesa um local de aventuras, descobertas e muita diversão.

São 13 os parques naturais portugueses categorizados pelo Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas (ICNF). Ou seja, são áreas protegidas pela sua biodiversidade e que apresentam um repositório de geologia, flora e faunas típicas do país e que refletem a sua imensa beleza. Ao fazer-se uma visita de turismo da natureza, a descoberta da magnitude destes parques é uma mais valia para a sua contínua preservação.

Lisboa é uma daquelas cidades onde, quem chega, se sente em casa. A cidade é cada vez mais dos turistas, dizem, mas ainda há sítios que se mantêm –com toda a resiliência– como cantinas diárias dos lisboetas, as famosas “Tasquinhas”.

O Algarve marítimo é o epicentro do novo livro da investigadora Maria Manuel Valagão. Ir em busca das vozes de quem viveu para as lides do mar, antes que a sua memória se perdesse, foi a motivação da autora.

Quem ouve falar em Óbidos logo exclama um profundo ‘ahhhh’. Ora é pela deliciosa e afamada ginjinha, ora é pelo recordar de um chocolate quente por lá apreciado num dia frio de inverno, ora é pelas ruelas características desta vila que convidam à contemplação.

A noite lisboeta tem muitos encantos, mas é no Fado e nas suas casas que a tradição e a cultura portuguesa conquistam corações e onde melhor se apregoa a única palavra que não tem tradução para qualquer outra língua do mundo, a palavra Saudade…