EN 2, ou apenas N 2, são as siglas de Estrada Nacional 2. Quem pegar no mapa de Portugal e traçar uma linha entre a Régua e Faro fica com uma ideia do passeio que este itinerário propõe, por um país longe de portagens, áreas metropolitanas ou pressas consumidoras.

Que melhor viagem do que aquela que nos faz viajar no espaço e no tempo? Visitar as aldeias que serpenteiam a Serra do Açor vai abrir um portal para o Portugal de antigamente. Aqui vai descobrir um casario em pedra que mostra os costumes de outrora, tradições que se se perpetuam e saberes característicos das gentes desta terra.

Com verões quentes e temperaturas amenas durante todo o ano, praias lindíssimas de águas calmas e areais dourados e uma deliciosa gastronomia especializada em peixes e mariscos, o Algarve é um dos destinos mais procurados da Europa.

Frequentemente apelidado de ‘Stonehenge Português’, este conjunto de menires em pedra dispostos em círculo, localizado a 10 quilómetros de Évora, leva mais dois mil anos do que o seu ‘homólogo’ britânico. Não tem é a sua fama. Com cerca de sete mil anos, o Cromeleque dos Almendres é um dos maiores e mais importantes monumentos megalíticos do mundo, não só pela grandeza, como pelo seu excelente estado de conservação.

É a segunda maior cidade de Portugal e tem um carisma muito próprio. Se não conhece a também chamada Cidade Invicta -assim denominada pela coragem das suas gentes que não se deixavam vencer em tempos de guerra-, lá chegado facilmente vai perceber que está a calcorrear uma cidade cheia de razões para estar a conquistar inúmeros prémios turísticos nacionais e internacionais.

Se admira o esplendor da realeza antiga, o Museu Nacional dos Coches, em Lisboa, é seguramente um dos sítios a visitar. Possui a maior coleção do mundo de viaturas de gala e de passeio dos séculos XVI a XIX, na sua maioria provenientes da Casa Real Portuguesa, a que se acrescentam alguns coches da Igreja e de coleções particulares. Pode até ver pequenos coches criados especificamente para os pequenos príncipes e princesas.

Uma hora é o tempo que separa Lisboa da Comporta, a antiga aldeia de pescadores e terra de arrozais que se transformou no paraíso hippie-chic das elites. Repleto de praias de areia branca e fina e águas azuis cristalinas, este é o destino de eleição de muitos e ilustres famosos.

Esta calorosa cidade alentejana tem muitas particularidades inusitadas. Uma capela forrada a ossos? Mas quem se terá lembrado disso? Um templo românico semelhante à Acrópole de Atenas? Um cromeleque mais antigo do que o próprio Stonehenge, mas que pouca gente conhece? Pois é, a história do mundo pode ser visitada em Évora.

Assim reza a letra de uma das marinhas populares mais famosas de Portugal. São três os Santos Populares que se festejam durante o mês de Junho de Norte a sul do país. Se em Lisboa é Santo António quem mais ordena, na cidade invicta do Porto, S. João é rei e senhor. A tradição celebra o nascimento de São João Batista e a festa tem origem no solstício de Verão, uma festa do fogo e do sol.

Ir em busca do Vale do Varosa implica poisar os olhos a norte de Portugal, entre Tarouca e Lamego. Este é um dos muitos recantos silenciosos, de paisagens magníficas, pontuadas por uma fauna e flora exuberantes. É também uma área denominada “território histórico”, marcada pela herança monástica. Os monges das ordens de Cister e dos Franciscanos criaram aqui raízes desde o início do reino.