Dirigimo-nos à Azenhas do Mar para confirmar ao vivo a beleza da foto postal que enche os escaparates das lojas de turismo em Portugal. Um casario branco sobranceiro ao mar, com uma piscina natural em baixo, como se a natureza oferecesse a esta população umas águas tranquilas para se banharem longe das águas revoltas que esculpem as escarpas.

O que lhe dizem quando precisa de descontrair? Tome um banho de água quente! De facto, a água quente é um dos melhores tónicos de relaxamento. Por isso, nas próximas férias, se quer uma experiência completa de descontração, tem de ter um jacuzzi na sua habitação. Garantimos que, depois de um passeio pela natureza, uma […]

Esta é uma vila singular: cresceu debruçada sobre o mar, embora ligada à Serra de Sintra. A uma distância conveniente de Lisboa, mistura o perto e o longe que se quebra rapidamente, num passeio de comboio junto à costa. Com vida própria, Cascais mantém o seu encanto sereno, pontuado por entusiasmos maiores. Procurámos captar essa essência através de oito sugestões percorrendo mar, serra, História, património, cultura e lazer.

Foi ao som das gaivotas que fomos recebidos na Ericeira. O mar estava revolto e a impor respeito. O céu ameaçador e a pedir o fecho do agasalho. Até as gaivotas procuravam abrigo nesta terra de gentes do mar, falamos de pescadores e de surfistas. ‘Gaivotas em terra, sinal de vendaval’, lá diz o ditado. Mas estava linda a imagem. Ali sente-se a força da natureza. Sobretudo no inverno.

Portugal tem uma história muito rica. Povoado desde tempos imemoriais e por inúmeros povos que por cá passaram, tem uma bagagem cultural que deixou inúmeras marcas. E ainda hoje muitas dessas influências podem ser vistas em pequenas aldeias e vilas espalhadas por todo o território nacional, que cristalizaram muitas dessas heranças.

O Parque Natural Sintra-Cascais é serra e mar. A sua costa olha o Atlântico de frente. Aqui as águas são frias e revoltas. O relevo é feito desafios radicais em forma de arribas que escondem recantos de areia. É a natureza em estado quase puro para conhecer o ano inteiro.

A chegada à vila de Sintra não deixa ninguém indiferente. Fora da arquitetura tradicional portuguesa, parece que estamos a chegar a uma vila encantada com os seus palácios coloridos, o Castelo dos Mouros lá no alto e uma imensa natureza verdejante a envolver todo o cenário

Portugal tem inúmeros cabos, que permitem uma vista de longo alcance sobre o mar, a partir do qual fomos à descoberta de novos mundos. Aqui, é possível descansar e admirar estas paisagens belíssimas. Selecionámos doze destes miradouros naturais, no continente e nas ilhas, que merecem uma visita…

Há uma fronteira impercetível, desenhada pela linha de comboio de Sintra, que separa a cidade envolta em ruído e pressa de um dos seus recantos mais raros e preciosos, uma espécie de limbo retirado ao tempo: o Palácio de Fronteira, no Parque Florestal de Monsanto.